Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

Sei que o Natal já passou, mas não resisti...

 
UM FELIZ NATAL…
 Chamo-me Bruno e tenho 6 anos.
Neste Natal eu queria um presente muito especial. Eu queria que em todo o mundo houvesse Paz e Amor, mas sei bem que isso é impossível de realizar...
...pelo menos aqui no meu prédio.
Sempre que a vizinha do 5.º Dto. faz amor, não há paz na vizinhança.
Principalmente quando o marido sai em viagem de negócios.
Nesses dias, se calhar a televisão dela fica avariada, porque está sempre a passar aquele
anúncio do shampoo Herbal Essences. "Ò ... sim, sim ... siiiim".
Bem!
Como a Paz e o Amor estão riscados da lista, vou ter que optar pelos bens materiais, coisa que eu não queria nada ...
Para começar, eu queria que este ano a minha prenda de Natal fosse um brinquedo muito divertido que vi na televisão.
Não, não é nenhuma daquelas mariquices dos Action Man, Homem Aranha ou tartarugas Ninja.
O que eu queria mesmo era uma coisa que vi ontem no Telejornal!
Pai Natal, eu queria muito que me trouxesses um brinquedo que se chama RPG 7, que é um lança-granadas igualzinho aqueles que os terroristas usam para rebentar com os americanos no Iraque.
Mas preciso muito que me entregues o brinquedo já este fim-de-semana para eu fazer uma surpresa aos meus coleguinhas lá da escola.
Eles vão estar todos numa festa de Natal, em casa Henrique, que é filho de um grande empresário têxtil, que não paga salários há 3 meses, contrata Matador para dar porrada nos sindicalistas e tem uma amante no prédio onde mora a minha avó.
Todos os coleguinhas da minha sala foram convidados para a festa menos eu, porque o Henrique diz que o meu pai é teso e as minhas roupas parece que foram compradas na Feira de Carcavelos, em segunda mão, aos ciganos.
Eu sei que desfazer os coleguinhas da 1.ª classe com tiros de bazuca não é uma coisa muito bonita. Mas no ano passado fartei-me de fazer boas acções e a prenda que me trouxeste foi a porcaria de um carro telecomandado comprado aos marroquinos, que se avariou logo no primeiro dia.
Bem, pelo menos sempre deu para aproveitar as pilhas para o vibrador da minha mãe!
E por falar na minha mãe, neste Natal queria que ela tivesse uma prenda muito bonita ... pelo que percebi, ela precisa muito de uma padaria mesmo
aqui à porta do prédio, porque há mais de um mês que não vê o padeiro ... pelo menos foi isso que ela contou no outro dia, quando estava ao telemóvel com um amiguinho que se chama Roberto.
Realmente, a minha mãe deve ter muita fome, porque depois começou a dizer ao amiguinho que lhe vai morder o cacete e, a seguir, vai pôs-lo a aquecer na fornalha dela até ele ficar grande ... o que acho esquisito, porque eu aprendi na escola que, sem fermento o cacete não cresce!
Quanto ao meu pai, a prenda dele é uma daquelas máquinas que vendem tabaco nos cafés ... é para ter cá em casa porque sempre que o meu pai sai à noite para comprar tabaco só volta no dia seguinte.
Quando chega a casa diz que correu os cafés todos da zona e só conseguiu encontrar a marca de cigarros que ele fuma em Bragança, na boite A Bruxa.
É engraçado! A minha mãe diz que ele vai a Bragança à procura da brasileira, mas que eu saiba isso não é uma marca de cigarros ... é uma marca de café!
Depois a minha mãe começa a falar em marcas de baton na camisa e aí é que eu fico sem perceber nada!
Olha, mas se não arranjares a máquina, tenta ao menos passar pelo Ribatejo e trazer um par de cornos.
Pelo menos a minha mãe está sempre a dizer que era disso que ele precisava.
Para o meu irmão queria uma coisa mais simples. Basta trazeres umas roupas modernas, dessas que os adolescentes usam. Pelo que percebi, ele
não deve gostar nada das roupas que os meus pais lhe compram, porque todas as noites, quando sai com os amigos, leva os vestidos da minha mãe.
Diz o meu tio Zé que até dá pena ver o meu mano ali na zona do Parque Eduardo VII, com as pernas ao frio e com aquelas botas altas tão
desconfortáveis. Deve-lhe doer muito os pés porque leva a noite inteira a pedir boleia aos carros que passam ...
E pronto, acho que já está tudo! Agora vê lá, não te esqueças de nada, se não sou bem capaz de fazer um telefonema anónimo a uma certa jornalista do Expresso a contar um episódio engraçado que me aconteceu no ano passado,
quando te fui visitar ali a um Shopping Momental, no Saldanha.
Ela vai gostar muito de saber que, quando eu estava no teu colo, aproveitaste para me apalpar o rabo e convidares-me para brincar aos trenós e aos comboinhos na tua casa, em Elvas!
É claro que ambos sabemos que isso não foi verdade! O que aconteceu realmente foi que te apanhei a fumar droga e a veres revistas pornográficas na casa de banho, mas sabes como é a memória das crianças ... vemos muitos desenhos animados e, por isso, estamos sempre a confundir as coisas. E convenhamos que o nome "Bibi da Lapónia" te assenta como uma luva.
Por isso, ou me trazes as prendas todas que te pedi ou é bom que comeces a procurar um bom advogado. E não te esqueças de comprar muitas embalagens de gel de banho. É que ali na prisão de Custóias dizem que é perigoso tomar duche com sabonete ... quando ele cai ao chão se te baixares para o apanhar corres o risco de ... ui ...
Pelo menos é garantido que vais ter um Bom Natal e um Feliz Ânus Novo!
Beijinhos,
Bruninho
 
(via e-mail)

tags:

publicado por avalonilhaperdida2 às 01:12 | link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25

28
29
30


posts recentes

Colcha de lã

Para rir...

Entrevista ao padre Fern...

A MAÇÃ

Dia de Espiga!

Poema a Mãe de Eugénio de...

Tendências de outono

As laureadas para o Nobel...

Se um cachorro fosse noss...

Bispos homossexuais poder...

arquivos

Junho 2015

Maio 2013

Outubro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

tags

a nossa terra

anedotas

animais amigos

benfica / futebol

canção de natal

culinária

cultura / exposições

cultura/cinema

cultura/musica

datas comemorativas

dica de culinária

dicas

efemérides

fábulas/contos

ferias

frase / humor

frases e pensamentos

humor

humor da treta

imagens

imagens/pensamentos

informação

mulher /mãe

musica

natal

noticias

noticias/da nossa terra

noticias/religião

noticias/saude

oração

para reflectir

para rir‏

parabéns

pensamentos

personalidades

poesia

provérbios

religião

saude

trabalhos manuais

travalinguas

truques e dicas

video / culinária

video / moda

videos

videos / musica

videos/desporto

videos/engraçados

videos/escuteiros

todas as tags

favoritos

Jonathan Klein: Fotos que...

blogs SAPO
subscrever feeds